Blog da Agility

Definindo Cloud Computing

Definindo Cloud Computing

 

A definição de "Cloud Computing", ou de "Computação na Nuvem" tem sido um tema fascinante na minha leitura recente. O que tenho visto é que todo fabricante de tecnologia tem tentado se associar à nova moda. E é divertido de ver. Anti-virus na nuvem, e-mail na nuvem, backup na nuvem. O que antes era simplesmente um serviço prestado on-line agora é um serviço prestado na nuvem – mas o serviço em si é o mesmo, do mesmo jeito, vendido da mesma maneira.


Eu não tenho nada particularmente contra o uso dessa terminologia. Mas o que tenho visto é que, nesse processo de todos tentarem se associar à nuvem de alguma maneira, a definição de nuvem se complicou muito. Se tudo é nuvem, então nada é nuvem. Virou bagunça.

Várias pessoas e entidades tentam definir a nuvem. Recentemente encontrei um documento do NIST (National Institute of Standards and Technology, órgão do governo americano) chamado "The NIST Definition of Cloud Computing. Achei essa definição clara e concisa, e é a definição que eu tenho mantido em mente quando penso em soluções na nuvem.

A definição é curta, então vou traduzí-la aqui (o que sempre dá medo porque uma definição curta vindo de um órgão científico significa que cada palavra usada foi cuidadosamente escolhida para não gerar dúvida na interpretação; use minha tradução com um grau de cuidado).

Computação na nuvem é um modelo para habilitar acesso via rede de maneira ubíqua*, conveniente, e sob-demanda a um conjunto de recursos compartilhados (redes, servidores, storage, aplicativos e serviços) e que a provisão possa ser feita de maneira rápida e desfeita com esforço gerencial mínimo ou com pouca interação com o provedor do serviço.

O documento segue com a definição de cinco características essenciais, três modelos de serviços e quatro modelos de implementação. Ele é curtinho, com apenas duas páginas de Definições, então recomendo sua leitura na íntegra.

Começar com uma definição breve e clara do que é Cloud Computing é uma base sólida para uma implementação ou migração, independentemente da infraestrutura ser pública ou privada. Ao lidar com as cinco características essenciais, começamos a distinguir um projeto de virtualização de servidores (que tem, sem dúvida, seus benefícios) de uma cloud privada conforme definido.

A decisão de ir para computação na nuvem não é para todos. Para alguns cenários, no entanto, temos visto incríveis ganhos de Agility (não resisti) na maneira com que as empresas agem e reagem às mudanças inerentes ao nosso dia-a-dia. De um ataque inesperado à uma promoção que não foi comunicada a tempo, cloud computing é uma alternativa de arquitetura que permite uma reação rápida, realista e controlada a essas mudanças.

*a palavra existe - eu só conhecia em inglês. "Que está ou pode estar presente em toda parte ao mesmo tempo; onipresente" - Michaelis

4,520 acessos, 2 views today

Sem comentários ainda.

Deixe um comentário

Você deve estar Logado para postar um comentário.